Fender Jazz Bass:

Publicado: 04/01/2010 em Histórias
Tags:

Fender Jazz Bass (ou J-Bass) foi o segundo modelo de contra-baixos elétricos criado por Leo Fender. O Jazz Bass tem um som mais articulado e definido do que o seu antecessor, o Fender Precision Bass. A distinção está no seu tom mais brilhante e rico em médios com menos ênfase na harmônica fundamental. Por causa disso, muitos baixistas que querem se destacar em suas bandas (inclusive em pequenas bandas como os power trios), preferem o Jazz Bass.

História

O Fender Jazz Bass é um baixo com corpo sólido que tem dois captadores e 4 cordas. Introduzido em 1960 como “Deluxe Model”, foi comercializado juntamente com a guitarra Jazzmaster que também era chamada de “Deluxe Model”. Foi renomeado para Jazz Bass quando a fábrica percebeu que seu braço redesenhado – mais fino e curvado do que o Fender Precision Bass – iria se encaixar mais em músicos do jazz.

O Jazz Bass possui dois captadores simples cada um com dois ímãs por corda. Isso dá ao baixo um som com muitos médios para competir com o baixo Rickenbacker, fabricado em1954 e que ficou famoso pelo seu timbre brilhante e característico. Assim como seu corpo levemente diferente, menos simétrico e mais contornado, o braço do Jazz Bass é notavelmente mais fino na ponta, diferente do Fender Precision Bass.

A intenção original foi de encorajar os baixistas a trocar seus contra-baixos acusticos por elétricos. O Jazz Bass original tinha dois botões (volume e tom) para cada captador. Instrumentos originais com esta construção são bastante valiosos no mercado de instrumentos vintage. Hoje em dia, possui 3 botões de controle: dois controlando o volume de cada captador e um botão de tom para todo o instrumento. Um quarto botão push-pull está presente nos modelos americanos produzidos depois do segundo semestre de 2003, que permite aos captadores operar em série ou paralelo. Quando em série, os dois captadores funcionam como um só, com um único controle de volume, levando seu som ao nível do Fender Precision Bass.

Só para vocês saberem como surgiu essa máquina. Abraço a todos.

Fonte: Wikipedia.

comentários
  1. Betto Berriel disse:

    Só para constar, o Precision que conhecemos foi o segundo da linha Fender e o Jazz o terceiro. O primeiro saiu em parceria com a Telecaster e, que embora recebesse o nome de Precision, era totalmente diferente do Precision que todos conhecem hoje, inclusive braço mais fino (como o jazz) e a captação (lembrando o captador Telecaster) com sonoridade única. O nome vem do fato de ter as notas precisas, pois foi o primeiro baixo a usar trastes. Outro fato importante e que muitos não reparam é o corpo do Jazz Bass ser mais inclinado nas curvas (precisa comparar para perceber). Aqui segue um link onde podemos ver bem os tipos que me refiro: http://www.fender.com/en-BR/products/index.php?section=basses&pg=2.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s