Madeiras e suas características:

Publicado: 01/02/2011 em Dicas
Tags:
  • Mogno – Mahogany: são a mesma madeira;
  • Pau-marfim – É uma madeira brasileira similar ao Maple mas não são a mesma madeira. O Pau-marfim é um pouco mais pesado, mais amarelo e tende a timbrar com um pouco mais de brilho;
  • Maple – Existe o Hard Maple, que é a madeira com a qual são feitos quase todos os braços de instrumentos pelo mundo afora, e o Soft Maple, pouco usado em alguns corpos;
  • Roxinho – Purpleheart: Sim, são a mesma madeira, que é da família do Jacarandá e é bem roxa;
  • Pau ferro – Pao-ferro: também foi muito usada em escalas lá fora;
  • Luthite – Não é madeira mas sim uma enganação inventada pela Ibanez. Nada mais é do que um MDF (aglomerado) metido a besta que não tem som de nada. Os baixos da linha Ergodyne são de luthite e seu som é totalmente artificial e sem timbre;
  • Basswood – É uma madeira usada em alguns instrumentos mais baratos. É clarinha, leve e timbra entre o Alder e o Poplar, outra madeira usada em instrumentos importados mais baratos. Segue a linha do nosso Marupá, usado nos instrumentos Tagima;
  • Agathis – Segue a mesma linha do Poplar e do Basswood;
  • Rosewood – É a madeira usada nas escalas da grande maioria dos instrumentos de fora. É uma boa madeira mas nada do outro planeta. Não confundir com o Jacarandá brasileiro, que é uma madeira muitíssimo superior e muito valorizada no mercado internacional, onde é chamada de Brazilian Rosewood.
  • Walnut – É uma madeira escura e amarronzada com a qual tenho muito pouca familiaridade e nunca toquei em nenhum isntrumento com ela;
  • Wenge – Madeira das escalas de alguns baixos Warwick e dos braços de alguns Ibanez. É africana e  pouco densa para estas finalidades, motivo pelo qual os Warwick não têm marcações na escala;
  • Ash – É a madeira usada nos corpos dos baixos Fender de acabamento natural. É bonita e tem som brilhante. Existe o Light Ash ou Swamp Ash (Ash do pântano) que é mais leve e tem som menos encorpado, sendo que as fábricas preferem essa madeira ao Ash convencional para não dar dor de coluna nos músicos.
  • Alder – É a madeira usada em 90% dos baixos  Fender USA. Quando são pintados são se Alder. Timbre similar ao do Ash só que com um pouco menos de brilho.
  • O Cedro se chama Ceddar e seu timbre é mais médio.

 

É isso aí galera… Até o Próximo post…

Léo Werneck…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s